Banquete ... Uma Conversa 

                       Sobre o Amor

Intervenção Urbana, 2011 

 

SOVAR     ESPERAR     COMER     COMPOR    CONVERSAR

 

O que me (te) movimenta para o Amor? Foi a pergunta que impulsionou a intervenção urbana Banquete... Uma conversa sobre o Amor, uma performance em três atos: fazer, assar e comer um Pão. Três mulheres vestidas de branco, ao redor de uma mesa simplesmente fizeram um pão. Três corpos femininos, receptivos, buscando o estado presente para fazer um pão, o alimento primitivo. Um campo foi criado a partir do invisível, instaurando um estado não cotidiano, de total consciência. Moradores de rua, transeuntes e expectadores se aproximaram, sentiram o campo criado pelas três mulheres ex-postas e se entregaram a feitura do PÃO NOSSO DE CADA DIA.

 

 

 

Banquete... Uma conversa sobre o amor, 2011

Intervenção Urbana

 

Ação do Coletivo Ambulante: Cris Abreu, Flávia Tavares e Mariana Vilela.

Mesa, 6 cadeiras, bacia e jarro de cerâmica, gamela de madeira, farinha, óleo, sal, fermento biológico e água.

4 horas de duração

Festival de Performance de Belo Horizonte

Fotos: Fabrício Tavares e Rocco Ribeiro